2

“Somos tão Jovens” – Cenário da mídia musical no Brasil dos anos 80 aos dias atuais

Música: s. f. 1. Arte e técnica de combinar sons de maneira agradável ao ouvido. (Dicionário Michaelis)

guitarrista-evaldo-devellis

Analisando o sucesso que algumas músicas tiveram ao longo da história de um país, talvez possamos ter uma ideia de como andava a cultura e o comportamento social dessa nação na época.
Podemos ter uma visualização da receptividade das pessoas em relação ao que lhes era oferecido e aceito como música (ou arte) e, assim, possivelmente vamos vislumbrar o comportamento e o pensamento da maioria dos cidadãos.
Como guitarrista e tendo como gosto predileto o rock, obviamente vou tentar destacar a participação do rock no decorrer dessa jornada. Para podermos falar a mesma língua, vou abordar apenas sucessos da indústria fonográfica, porque praticamente 99% dos sucessos provém exclusivamente dessas mega-corporações, tanto faz se rádio, TV ou internet.

Peço que você ouça, nem que for um pequeno trecho das músicas, para poder notar a diferença ou semelhança do gosto musical no Brasil ao longo dos anos.

Sucessos dos anos 80


Tempo perdido – Legião Urbana


Bete Balanço – Barão Vermelho


Meu erro – Paralamas do Sucesso


Televisão – Titãs

E muitas outras bandas, como, Ultraje a Rigor, RPM, Ira!, Kid Abelha e Os Abóboras Selvagens, Lulu Santos, Blitz, Lobão, Engenheiros do Hawaii, Camisa de Vênus, Plebe Rude, Capital Inicial (até o presente), Biquíni Cavadão, Roupa Nova, etc.
Enfim, o rock e a guitarra marcaram os anos 80 no Brasil e, até por conta de todo esse sucesso do movimento,  constatamos o início do grande festival Rock in Rio em terras nacionais.
Outros estilos como brega, sertanejo (destaque para Chitãozinho e Xororó), samba, também tocavam, mas apenas nas rádios Am. As rádios Fm só tocavam esses estilos em certos horários. Na Fm imperava a música pop e rock internacional e o rock nacional dessas bandas que citamos acima.

Sucessos dos anos 90

O pop rock nacional aos poucos foi se acabando, restando:


Selim – Raimundos


Jeckie Tequila – Skank


Encontrar alguém – J Quest

… E foi sendo substituído por:


Ralando o tchan – É o Tchan


Liberar geral – Terra Samba


Entre tapas e beijos – Leandro & Leonardo


A barata – SPC

Nessa década, os estilos musicais começaram a variar, tornando-se mais dançantes, destacando-se ritmos nacionais como o pagode e o axé.
Outro grande destaque foi a modernização da música sertaneja, onde: a dupla Chitãozinho & Xororó consolidava sua carreira; surgiam na mídia, para marcar a década, Zezé di Camargo & Luciano e Leandro & Leonardo, ao mesmo tempo que um número enorme de duplas que ficaram no esquecimento.
Na MPB  se destacavam Marisa Monte e Adriana Calcanhoto.
Abrindo as portas para o Funk do Rio de Janeiro, apareciam Latino e, mais tardiamente, Claudinho & Buchecha.
Década de explosão do RAP americano, no Brasil destacam-se o Racionais Mc´s.
A partir dessa década, as rádio Fm começaram a veicular todos esses estilos em horários nobres.

Na TV, apesar do início das atividades da MTV brasileira, o rock aos poucos dizia adeus às paradas, segurando seus últimos suspiros em poucas bandas da mídia. Sobrevivendo timidamente iam Kid Abelha e Capital Inicial. A banda Mamonas Assassinas (infelizmente durou apenas um ano) marcou a metade da década e apenas para o final dos 90 surgiam novas bandas de rock, como: Raimundos, O Rappa, Planet Hemp e Charlie Brown Jr. Surge com essas bandas uma nova tendência que é a mescla do rock com vários ritmos como o RAP, o hardcore,  o reggae, entre outros.

Se observarmos, veremos uma mudança drástica do gosto musical do brasileiro quanto à sonoridade, aos temas abordados nas letras e aos novos estilos musicais que foram surgindo. E isso em apenas uma década.

Sucessos da década de 2000

Nessa década temos o declínio do axé e do pagode e o surgimento de novas tendências como o Funk carioca e o Forró universitário. Vejamos:


O baile todo – Bonde do tigrão


Você não vale nada – Calcinha Preta

O rock nacional demonstra alguns sinais de vida, e se agarra em alguns artistas que surgiram no final dos anos 90 e se consolidam agora, como:


Reza vela – O Rappa


Papo reto – Charlie Brown Jr

E surgem novas tendências, como:


Admirável chip novo – Pitty


Dias atrás – CPM 22


Cedo ou tarde – Nx Zero

Bandas como O Rappa, Skank, Jota Quest e Charlie Brown Jr continuam a fazer sucesso nos 2000 e há o ressurgimento de bandas como Capital Inicial, Ira!, Roupa Nova e Biquini Cavadão.
A nova tendência do rock no final da década é a sonoridade de bandas que foram influenciadas pelo estilo de rock emocore, como o NX Zero, Fresno e Strike.

Sucessos da década de 2010 – conclusão

Nessa década… Bom, você já sabe mais ou menos o que tá rolando, não é não?!

Gostaria muito de poder colocar nessa parte algo bem legal, que possamos nos orgulhar no futuro. Algo que, quando olharmos para trás, pudéssemos falar de peito cheio: “eu vivi isso e contribui para que fosse assim…“. Porque pode ter certeza: o maior responsável pelo que as rádios tocam e a TV mostra é você, o consumidor final. Se você não contribuísse para que algo fizesse sucesso não ouvindo, não assistindo, enfim, não prestigiando, nada faria sucesso como faz.

E aí, você acha que vai poder falar que contribuiu para uma coisa legal em termos de música em seu futuro? O que você anda ouvindo? Se no futuro, alguém te perguntar: “você ouvia isso?”, vai ter orgulho de falar que sim? Comparou nossa “evolução” musical ao longo dos anos no Brasil desde os anos 80?

O que você acha disso tudo?

Deixe seu comentário. Escreva como você quer concluir essa década de 2010.

Grande abraço! 

 

 

evaldo-devellis-guitarrista (Evaldo Devellis é guitarrista e compositor. Sua músicas instrumentais de guitarra podem ser ouvidas neste blog,  no site oGuitarrista.com e no site do MySpace.com )

Compartilhar (Share)
oGuitarrista

oGuitarrista

Evaldo Devellis - Guitarrista há 30 anos, foi autodidata em violão e guitarra. Posteriormente estudou com Faíska e Giácomo Bartoloni. Também cursou o Conservatório Souza Lima, Voice e IGT.

2 Comments

Deixe seu comentário!