26

Qual o melhor amplificador para iniciante?

Vamos abordar algumas ideias sobre qual melhor amplificador para iniciante em custo benefício. Toda guitarra precisa de um amplificador! O amplificador (guitar amp, em inglês) é extremamente importante e faz parte da identidade sonora do guitarrista.

 

Essa matéria não pretende apenas mostrar o melhor amplificador para iniciante, mas principalmente trazer um pouco mais de informação para o iniciante entender um amplificador.

 

Estaremos abordando nesse artigo, amplificadores transistorizados, melhor amplificador para iniciante em custo-benefício. Continue lendo e você entenderá um pouco mais sobre amplificadores.

     Não quero ler, diga logo qual amplificador comprar seu Zé... 😀

Amplificador para iniciante… Mas, preciso mesmo de amplificador?

Você pode até perguntar: Comprei uma guitarra, posso ligar direto no PC (no meu computador)?!
Resposta: Sim. Mas não é o ideal.
Vamos entender um pouco mais sobre um amplificador e depois veremos algumas dicas de amplificador para iniciante. No final, você saberá a diferença entre ter e não ter um amplificador.

 

Partes do amplificador

 

Todo amplificador de guitarra é composto pelo menos por três (3) partes:

1 – Fonte de alimentação
2 – Pré-amplificador
3 – Potência

1 – Fonte de alimentação

O amplificador usa geralmente a corrente de 110 volts (110V) e vem com um cabo de alimentação de força para você ligar na tomada de corrente elétrica de sua casa. Cada componente do amplificador vai utilizar uma gama de energia e a fonte é que vai converter a corrente de 110V caseira para cada item do amplificador.

 

Cabo de alimentação de energia de amplificador

Cabo de alimentação de energia

entrada de amplificador de guitarra - Evaldo Devellis

Entrada do cabo de alimentação de energia

Uma dúvida comum do iniciante ou daquele que nunca pegou sequer em uma guitarra é se a guitarra tem botão de “liga/desliga”.
A guitarra NÃO tem isso. Quem liga e desliga é o amplificador, que vai deixar o som da guitarra com maior volume. A guitarra sozinha tem volume extremamente baixo e é feita para acompanhar um amplificador, como se fossem uma “dupla dinâmica” (são o “Batman & Robin” da música).
O amplificador é quem vai realçar ou “matar” a qualidade do som (timbre) de sua guitarra. Veja como ele é fundamental!

Sempre antes de ligar o amplificador certifique-se sobre a corrente elétrica  do local.

 

2 – Pré-amplificador

É o componente que vai atuar no som da sua guitarra antes dele ser amplificado. É no pré-amp que você vai conectar a guitarra através de um plug P10 (entrada input). O cabo de guitarra que vai ser ligado no amplificador tem que ser com duas pontas de plug P10:

cabo-guitarra

Cabo de guitarra com plugues P10

Itens que os pré-amplificadores possuem:
2.a) Equalizador – Para ajustar o grave, médio e agudo – chamadas bandas de equalização (veja mais sobre equalização…):

amplificador-de-guitarra-guitarrista-evaldo-devellis-pre-amp-frente-1

Equalizador

2.b) Canais – No geral, um amp possui um ou dois canais.
Quando possui apenas um canal, ele pode vir ou não com efeito de distorção (drive).
Já para o amp que possui dois canais, será: um canal limpo (canal normal, com som limpo ou clean) e um canal chamado canal sujo (canal com drive ou distorção):

amplificador-de-guitarra-guitarrista-evaldo-devellis-pre-amp-frente

Amplificador com dois canais: limpo e sujo

Amps com dois canais, muitas vezes possuem um footswitch, no qual você pisa para selecionar entre canal limpo e canal sujo. Muito útil para alternar entre acompanhamentos e solos.

footswitch

Footswitch

2.c) Efeitos adicionais Alguns amps possuem também um efeito chamado reverb. Existem amps que podem vir também com outros efeitos, tipo chorus. Mas no geral, apenas o reverb é o mais comum. (veja mais sobre o assunto efeitos…)
Reverb – Efeito de guitarra que dá 
profundidade ao som. Simula ambiências,  como se você estivesse em uma sala pequena ou numa sala grande, por exemplo.
Chorus – Efeito de guitarra que “encorpa” a sonoridade, dando mais ou menos a impressão de estarmos ouvindo outra guitarra tocando junto e auxiliando no som
. O chorus dá a sensação de estarmos ouvindo em stereo. Bom para dedilhados.

…E outros efeitos que hoje em dia alguns amplificadores apresentam.

Não é necessário que um amplificador tenha mais do que drive e reverb como efeitos.

 

3 – Potência (Power)

Nessa fase, o amplificador vai elevar o sinal de áudio recebido do pré-amplificador e jogá-los para as caixas acústicas ou alto-falantes (veremos sobre falantes abaixo). Compreende o volume Master, as válvulas (e transformador de saída) ou os transistores.

O valor da potência do amplificador é dada em Watts. Esse número geralmente se encontra na parte de trás dos amp (ESC para sair da imagem):

amp01

75 watts

amp02

200 watts

amp03

50 watts

Mas será que a especificação sobre a potência do amplificador que vem na parte de trás é verdadeira?

Observe o seguinte:
* Existe a potência média que o amplificador mantém. Ou seja, uma potência que ele mais fornece e mantém durante sua ação. É chamada de potência RMS.

E existe também uma potência máxima que o amplificador possui, chamada PMPO. O amplificador não fornece essa potência constantemente. Ele atinge essa potência em alguns momentos.

Essas potências marcadas atrás dos amplificadores muitas vezes são as potências de pico e não a potência RMS.
Infelizmente, muitos fabricantes imprimem uma potência alta atrás do amplificador para valorizá-lo, mas ela nem sempre é real. Não adianta eu ter um pico de potência para “de vez em quando”. É necessária uma potência contínua, que é o RMS.

Então, é importante certificar-se se a potência descrita na parte de trás é a potência RMS.
Nos manuais dos amplificadores deve estar descrita a potência em watts RMS que o amplificador apresenta. Essa é a potência média real que o amplificador trabalha sem distorções no som e é ela que interessa.

 

Válvulas e transistores

Esses são o “coração” de um amplificador de guitarra e são eles o amplificador propriamente dito.
Os primeiros amplificadores de guitarra eram feitos de válvula. Atualmente a grande maioria é feita de transistores.
Comumente, refere se a um amplificador valvulado como valve state e a um transistorizado como solid state. Existem também os híbridos que são a mescla dos dois.

Um transistorizado é indicado como amplificador para iniciante, pois é mais comum e mais barato.

Não vou entrar no assunto de amplificadores valvulados nesse artigo, pois, apesar da qualidade sonora, são geralmente amplificadores de maior custo e um amplificador para iniciante não requer esse tipo de configuração.
Vamos focar no amplificador para iniciante.


Calma…

De tudo isso que falamos sobre potência,  para o iniciante importa saber principalmente o que vem agora.

 

Potência versus Utilização do amplificador

A potência deve ser escolhida pensando na finalidade de utilização de um amplificador. Como regra geral, grosso modo para o iniciante ter noção, podemos dizer que quanto maior a sua necessidade de “volume de som”, maior deve ser a escolha da potência do amplificador.

“Quando formos comprar: o importante é casarmos nossa necessidade com a potência do amplificador …”

No geral temos:

Amplificador/Potência (Amps transistorizados)
Potência Finalidade Descrição
10 watts a 30 watts Estudo Aqui que o amplificador para iniciante se encaixa. Esses amps possuem uma potência muito baixa mas sua aplicação servirá para o estudo. É uma boa opção para o iniciante que não quer gastar muito dinheiro e quer possuir um amplificador inicialmente apenas para estudar guitarra. Não é possível tocar em uma banda com esses amplificadores pois o volume dos outros instrumentos da banda provavelmente encobrirão o som de sua guitarra.
por volta de 60 watts Pequenas/médias performances Possuem uma potência média e sua aplicação já é possível em shows de pequeno e médio porte e para gravação em estúdios. Já "dá pra brincar" um bocado com esses e até fazer um som com uma banda.
por volta de 100 watts (para cima) Profissionais São ideais para shows maiores – indicado para o músico que deseja tocar profissionalmente. Guitarristas dessa fase muitas vezes cogitam em adquirir um amplificador valvulado ao invés de um transistorizado – o que dependerá da finalidade de cada músico.

 

Falante

Somado aos três itens que vimos acima (fonte de alimentação + pré-amplificador + potência = 3 partes do amp), esse é o quarto item e é importante para o volume de propagação do som. 

falante-de-amplificador
A medida de um falante é dada em polegadas (”). Os falantes mais utilizados são os de 8”, 10” e 12”.

Ele foi separado das três partes básicas do amplificador citadas acima porque o falante pode ou não vir junto com o equipamento amplificador de guitarra. É o que veremos agora…

 

Diferença entre Combos e Stacks

COMBO – Combo em inglês significa “combinação”. Um amplificador COMBO é um amplificador que já vem com os alto-falantes mais os itens conjugados que falamos (fonte de alimentação, pré-amplificador, potência). Tudo em um só gabinete:

amplificador de guitarra - fender - guitarrista Evaldo Devellis

Combo

O COMBO é o amplificador mais comumente usado.
Muitos chamam de CUBO de guitarra 
um Combo em forma de cubo, quadradão. Se você ouvir alguém dizendo CUBO de guitarra, saiba que nada mais é do que um COMBO em formato quadrado.

 

STACK – Cabeçote (ou head) + Gabinete – Um CABEÇOTE vem com os três itens que falamos (fonte de alimentaçãopré-amplificadorpotência), mas não vem com alto-falante. Você tem que comprar a caixa com alto falante (ou gabinete) separadamente.

Geralmente são músicos profissionais de grandes bandas que utilizam esse set, no qual existe até a possibilidade de alterar a configuração das caixas acústicas. Um cabeçote mais um gabinete é chamado de Half Stack. Um cabeçote mais dois gabinetes é chamado de Full Stack.

cabecote-caixa-amplificador-de-guitarra-guitarrista-evaldo-devellis

Cabeçote mais gabinete (half stack)

Por enquanto, prefira um Combo. Um Stack com certeza não é interessante como um primeiro amplificador para iniciante. O combo é mais barato e mais fácil de transportar, sendo portanto a preferência da maioria dos guitarristas.

 

Ok, vamos lá então… Finalmente!

 

O melhor amplificador para iniciante: opções de modelo e preço.

FINALMENTE: quais modelos de um amplificador para iniciante são legais!

O número de empresas que fabricam amplificadores atualmente é muito grande.
Existem muitas marcas tradicionais e já consagradas no mercado, como Fender, PeaveyMarshall, CrateMesa Boogie, Laneyetc. Mas o preço deles não vale a pena no momento como um primeiro amplificador para iniciante.

Então tentarei fazer um apanhado geral com o melhor custo-benefício de amplificador para iniciante.

 

Amplificador para iniciante – marcas

Procuramos descrever alguns amplificadores que estão à venda no mercado atualmente e que apresentem um bom custo-benefício.

Colocamos opções diversas porque você pode encontrar alguns mais facilmente para comprar ou achar uma forma de pagamento mais ideal para você.

Os amplificadores para estudo que você vai ver, são realmente “apenas para estudo”. Com certeza são bons amplificadores PARA ESTUDO e já vimos acima a descrição do que um amplificador “apenas para estudo” faz. Talvez alguns possibilitem algo além de estudar, como se apresentar em pequenos lugares ou ensaiar, mas NÃO SÃO INDICADOS PARA ISSO.

Então, não se frustre se não conseguir tirar o som exato daquele “guitarrista famoso” que toca com uma parede de Marshalls.
Estamos falando sobre amplificador para iniciante, ou seja, APENAS e tão somente para o iniciante estudar e praticar com ele.

 

METEORO

Atomic Drive 20

amplificador para iniciante

Atomic Drive 20

Potência: 20 W RMS
Equalização: Grave, médio e agudo
Canais: um canal equalizável
Falante: 8″
Efeitos: Overdrive
Outros: Entrada para pedal footswitch

Esse amplificador esta fora de linha, mas você pode encontrá-lo ainda em algumas lojas.

 

MG-10

amplificador para iniciante

MG-10

Potência: 10 W RMS
Equalização: Grave, médio e agudo
Canais: um canal equalizável
Falante: 6″
Efeitos: Overdrive

 

Nitrous Drive 15

 

amplificador para iniciante

Nitrous Drive 15

 

Potência: 15 W RMS
Equalização: Grave, médio e agudo
Canais: um canal equalizável
Falante: 8″
Efeitos: Overdrive

A Meteoro é uma das melhores fabricantes de amplificadores para guitarra do Brasil. Timbres muito bons.

Site da Meteoro | Onde comprar |

 

LANDSCAPE

Predator Triefx 20W

amplificador para iniciante

Predator Triefx 20W

Potência: 20 W RMS
Equalização: Grave, médio e agudo
Canais: dois
Falante: 8″
Efeitos: Overdrive, delay e chorus
Outros: Entrada para pedal footswitch

Esse amplificador da Landscape já vem com dois canais e com footswitch. Com certeza atende ao quesito de um amplificador para iniciante.

 

Hotline GTX 200

amplificador para iniciante

Hotline GTX 200

Potência: 20 W RMS
Equalização: Grave, médio e agudo
Canais: dois
Falante: 6″
Efeitos: Overdrive

Site da Landscape | Onde comprar |

 

ONNER

Kratos

amplificador para iniciante

Onner Kratos

 

Potência: 20 W RMS
Equalização: Grave, médio e agudo
Canais: um canal equalizável
Falante: 8″
Efeitos: Overdrive

 

Sniper 20

amplificador para iniciante

Onner Sniper 20

Potência: 20 W RMS
Equalização: Grave, médio e agudo
Canais: um canal equalizável
Falante: 8″
Efeitos: Overdrive

 

Block 20 TU

amplificador para iniciante

Block 20TU

Potência: 20 W RMS
Equalização: Grave, médio e agudo
Canais: um canal equalizável
Falante: 8″
Efeitos: Overdrive
Outros: Vem com afinador cromático e metrônomo

Esses amplificadores da Onner atendem ao quesito de um amplificador para iniciante.

| Site da Onner | Onde comprar |

 

Giannini

G5+

amplificador para iniciante

G5+

Potência: 15 W RMS
Equalização: Grave e agudo apenas
Canais: um canal equalizável
Falante: 6″
Efeitos: Overdrive
Outros: Vem com uma alça para posicionar o ângulo do amplificador

Site da Giannini | Onde comprar |

 

Essas são nossas opções de amplificador para iniciante. Agora, cabe a você pesquisar mais sobre esses produtos e descobrir quais ofertas estão mais próximas de você ou qual delas se encaixa mais no orçamento.

 

Concluindo – O que observar então na compra do amplificador para iniciante:

 

– O melhor amplificador para iniciante é um COMBO.

 

– Um  amplificador para iniciante não precisa e nem deve ser caro. Um bom e potente amplificador requer um usuário mais experiente para poder fazer uma escolha mais consciente em relação ao timbre desejado.

 

– O iniciante apenas precisa de um canal no amplificador.
Um canal limpo que soe bem. Se vier com distorção (drive), melhor. Mas, alguns drives que vem junto com alguns amplificadores também não são dos melhores… Se não vier ou o drive for meio “paia”, futuramente você pode adquirir um pedal de distorção e estará resolvida a questão. O pedal de distorção pode ficar para a vida toda e, se quiser vender, pedais possuem maior facilidade de venda no mercado.

 

– Cuidado ao comprar amplificadores usados pela internet. Se você for comprar um amp usado, é essencial que você teste para verificar se está tudo ok, ainda mais se o vendedor não for te dar garantia.

 

– Tenha em mente a finalidade na qual você vai utilizar o amplificador. Apenas para estudar guitarra, um amp na média de até 30W estará bom.
Mas observe que se futuramente você pretender tocar em uma banda, você precisará de um
amp na faixa dos 50W pelo menos.

 

– Existem lojas que aceitam seu amp usado como parte do pagamento na compra de outro. O que você pode fazer, principalmente se a grana estiver curta, é comprar um amp de menor potência mesmo e ir reservando grana para depois, quando estiver mais experiente, comprar outro com maior potência.

Um exemplo, é a Krocodille Pop (SP). Ela comercializa instrumentos usados e aceita o seu usado como parte do pagamento. Já troquei um amplificador por outro nessa loja. Você pode também procurar por lojas assim no Google.

Grande abraço! 

 

Ouça:

  1. Renascido (Reborn) Evaldo Devellis

Aqui para ouvir outras músicas instrumentais minhas com guitarra e violão


Não fique chateado se não respondi sua pergunta!

Pessoal, eu gostaria mesmo de poder responder todas as perguntas, mas são dezenas de perguntas que chegam e, apesar do maior esforço para responder a todos, sempre fica bastante gente sem resposta. O tempo é curto e, na correria aqui e ali, vou respondendo o que posso. Beleza!?
Abraço a todos!



(atualizado Fev/2016)

POST visto: “Qual a melhor amplificador para iniciante”. Veja também:

Qual a melhor guitarra para iniciantes

Qual a melhor pedaleira de guitarra para iniciantes

 Video-aula 01 – aula de guitarra e violão para iniciantes (online – gratuito)

 Vídeo-aula 02 – aula de guitarra e violão para iniciantes (online – gratuito)

 

amplificador para iniciante(Evaldo Devellis é guitarrista e compositor. Suas músicas instrumentais de guitarra solo e violão podem ser ouvidas no player do final da página abaixo, no Youtube, no menu “MÚSICAS” desse blog e no site oGuitarrista.com. )

Compartilhar (Share)
oGuitarrista

oGuitarrista

Evaldo Devellis - Guitarrista há 30 anos, foi autodidata em violão e guitarra. Posteriormente estudou com Faíska e Giácomo Bartoloni. Também cursou o Conservatório Souza Lima, Voice e IGT.

26 Comments

  1. Parabéns pelo testo e pelo site! Muito legal!
    Cara, tenho uma pedaleira Zoom G3X que uso para modulações e um clone do sansamp que é simulador de ampli q gosto muito. Ocorre que meu ampli é um combo digitech DG15R que apesar de ser um bom ampli acho q não está aguentando o tranco.
    Ocorre que eu moro em apartamento e gostaria de usar um ampli com loop de efeitos (send/return) pra colocar minhap pedaleira mas tenho algumas dúvidas:
    1) Um ampli transistorizado de 60 watts pode servir para tocar em apartamento sem os voiznhos reclamarem?
    2)Ampli de 60Watts transistorizado precisa “abrir” mito o voloume para o timbre e os efeitos soarem bem?
    3) encontrei dos amplis que têm send/return mas não sei se valem o risco pois não conheço a marca. Pode me dar uma opinião?
    http://www.eletrolegal.com.br/produto/amw-custom-gc-60/15355
    e
    http://www.eletrolegal.com.br/produto/amw-custom-gc-60-celestion-7080/15354
    Obrigado!

    • Olá Fagner. Vou tentar responder suas perguntas, que são bem específicas…
      Seu amp combo realmente limita pra sentir a sonoridade. Um amp de 60W dá mais ideia da sonoridade que dá pra tirar da pedaleira. Quanto aos vizinhos, hehe, não saberia responder, pois depende. No geral, não é bom ficar fazendo muito barulho em
      apartamento. Muitos guitarristas alugam uma horinha num estúdio pra sentir o som de seu equipamento. Você pode ir sozinho mesmo, só pra regular seu equipamento. Quanto a esses amplificadores que vc citou, apesar de curioso pra sentir o som deles, eu não conheço, pois são amps customizados. Geralmente, falo de marcas gerais pela facilidade de compra. Só testando ao vivo pra sentir o som. Beleza?! Abrç

  2. Evaldo, primeiro parabéns e obrigado pela aula. Gostaria de seu apoio:
    Tenho uma Guitarra Fender Stratocaster Amercana uma POD HD500 e gostaria de uma dica de Amp que melhor se ajuste a estes equipamentos. Gosto do Som de Steve Vai (pense numa distorção semelhante a de “For love of God” – aquele é o som que gostaria de tirar, mesmo que próximo). Não sou músico profissional, mas sempre tco nos bares e com amigos, e quero ter um bom equipamento para produzir um bom som. Dentro dos equipamentos que você conhece,qual a sua sugestão? (Há possibilidade de trocar a POD por um Set de pedais, caso seja melhor em seu entendimento para um melhor som). Quero investir no máximo R$ 6.000,00 nesta compra. Obrigado

    • Vivas! Pelo valor q vc quer gastar, eu investiria num amplificador valvulado custom. Procure pelos amplis Matusa e NV (Nelson Verdura) que são customizados show de bola.
      Quanto a marcas tradicionais, o ideal é você testar na loja. Leva seu equipo e testa, o vendedor tem que ter paciência pra te atender. Eu lembro quando comprei meu primeiro amplificador legal. Todo mundo falava pra eu comprar um Fender ou um Marshall, e, depois de vários testes, eu acabei comprando um Peavey porque gostei muito do som que combinava com o equipo que eu tinha na época.
      Tem muita coisa legal da Vox, Marshall (série valvestate), Meteoro (Meteoro Vulcano – testei e achei duka!), etc… Melhor vc cair de cara nas lojas! Abrç

  3. E qual a melhor opção para amp de violão? Digo, a mais barata…Ou posso usar essas dicas e aplicá-las ao violão? No caso, assim sendo, escolheria o MG-10 da Meteoro…

    • O violão não possui a mesma situação da guitarra elétrica que precisa de um equipamento que potencialize seu timbre. É necessário um amplificador que realce a equalização. Para violão eu recomendaria um multiuso.

    • Oi …CaMMa…, acertei? CaMMa…? 😀
      Beleza?!
      Olha, os dois meio que empatam: são apenas para estudar (possuem pouca potência), mas como primeiro amplificador para iniciante são suficientes. Principalmente o clean, guitarra sem distorção, pra fazer acordes ou um solo limpo é legal. Acho que eles vem com distorção. Mas, não espere muito da distorção deles, dá pra brincar de leve. Não se esqueça que é para iniciante e futuramente vc vai querer um melhor e mais potente.
      Quanto a comprar usado no ML, foi o que eu falei no POST. Quando vamos comprar um usado numa loja, a gente testa pra ver se está ok.
      Pela internet, é necessário garantias. O ML oferece duas:
      – O Mercado Pago tem a frase: “Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro” (site do ML). Dê uma olhada nesse link do ML para saber mais: http://contato.mercadolivre.com.br/ajuda/Compra-protegida_986;
      – Checar a barrinha da Reputação do vendedor. Aquela barrinha de informação do vendedor. Quanto mais verde, melhor.

      Para garantir ainda mais, vc pode:
      – Perguntar ao vendedor se o equipamento possui alguma avaria, tipo se o falante está bom, se os botões estão funcionando ok, se o jack de entrada do cabo da guitarra está ok. Se for honesto, dirá a verdade;
      – Perguntar também se ele gravou algum vídeo demonstrando o produto. Alguns fazem isso, traz mais alívio pro comprador.

      Eu já comprei no ML. Nunca comprei usados, mas conheço pessoas que compraram e foi tudo ok.
      Mas check a reputação do vendedor e desconfie de produtos muito mais baratos que a média de oferta do preço desse produto. Esmola demais, o santo desconfia.
      Abrç

    • Oi Tiago Iommi… belo nome.
      Cara, esse spider da line 6 é “animalzinho”. Só não digo “animal” porque tem 15 w, mas é muito legal em termos de sonoridade. E o AMW não fica atrás e é bem legal, tanto que vou inserir no post em breve. Bons amps temos aqui! Os dois são ótimas escolhas para estudar.
      Mas essa é a pergunta: vc quer um amp pra estudar e tbm quer economizar?
      Porque se for o caso, o AMW custom de 20 watts é custo-benefício muito bom. Como os dois do seu link tem baixa potência, eu ficaria com ele para estudar. A diferença do Line 6 é que ele tem um monte de tric tric, efeitos, amp simulator, etc. E é o dobro do preço por isso e pela marca.
      Ai, é contigo.
      Abrç

  4. Farei uma visita ao Paraguay em setembro. Será que consigo aproveitar a oportunidade para trazer um amp pequeno (e talvez um pouco melhor em termos de qualidade)? Alguma recomendação específica? Muito obrigado desde já e parabéns pelo excelente trabalho neste site.

    • Oi Rafael.
      Olha, não sei como anda a situação de compra no Paraguay. Mas, não custa tentar.
      Qualquer um indicado aqui no POST seria interessante, se vc encontrar por lá.
      Beleza?! Abrç

  5. Irmão vc tá de parabéns, vc tá ajudando muito cara por ai com todo esse conhecimento e boa vontade.
    Olho muito blog e muito fórum de vários assuntos que me interesso, e nunca posto um comentário, mais esse seu blog ta de mais.
    Parabéns mais uma vez e não deixe esse trabalho morrer.
    Valeu!!!!!! PS: Já coloquei teu blog nos meus favoritos.

  6. Olá, sou inciante, acabei de comprar uma Memphis MG 230 e gostaria que pudesse me ajudar informando se estou perdendo muito dela usando a mesma num conjunto 2.1 da Edifier (x100 de 15rms) por meio de um computador (adaptador P10/P2).

    Abraços!

    • Oi Edley.
      É um amplificador extremamente simples e com baixa potência. Vc vai ter pouco volume de som e vai poder apenas estudar com ele. Não vai dar nem pra sentir direito o timbre de sua guitarra, mas dá pra praticar com ele.
      Se for para essa finalidade apenas e unicamente, creio q nada impede de comprá-lo.
      Beleza?!
      Abrç

Leave a Reply to Maia Cancel reply