15

O que eu preciso para aprender guitarra?

O que é preciso para aprender guitarra? O que é necessário para tocar? Qual equipamento inicial? Para tocar guitarra, preciso primeiro aprender violão?
Essas são dúvidas de quem quer aprender guitarra, mas não faz a menor ideia do que é preciso para começar. Se você possui alguma dessas dúvidas, essa é a matéria que você precisa ler…

O que eu preciso para aprender guitarra então…

1- Qual equipamento inicial?
2- Eu preciso para aprender guitarra primeiro aprender violão?
3- Começo com um professor ou será que consigo estudar sozinho, tipo na internet?

1- Qual equipamento inicial preciso para aprender guitarra?

Equipamento básico

É preciso para aprender guitarra termos quatro coisas (4) básicas:
* Uma guitarra,
* Algo que amplifique o som da guitarra,
* Um cabo de guitarra, e
* Uma palheta.

Entendendo um pouco mais sobre essas 4 coisas:

* Uma guitarra (óbvio) – [Veja algumas sugestões de guitarras]
* Algo para ligarmos a guitarra.
A guitarra não possui nenhuma chave de liga/desliga e nem volume próprio (digamos, apenas para entendermos por enquanto).
O que liga e desliga é o equipamento que vai amplificar o som da guitarra, que vai deixar o volume dela alto, porque a guitarra sem esse equipamento possui som “baixinho”, de muito pouco volume apenas por ela mesma.
O equipamento ideal para fazer isso se chama amplificador de guitarra:

amplificador de guitarra - fender - guitarrista Evaldo Devellis

Meu amplificador Fender FM 212R

Muitos amplificadores já vem com alguns efeitos, tipo overdrive (para fazer guitarra pesada de rock), chorus e reverb (efeitos de ambiência). Então, um amplificador é o mais indicado e ideal.
Veremos abaixo formas alternativas de amplificar o som da guitarra sem um amp de guitarra.

* Um cabo com plugues P10 nas duas pontas.
Esse é o cabo utilizado na guitarra:

cabo-guitarra

Cabo de guitarra P10/P10

Você conecta uma ponta na guitarra:

jack-entrada-guitarra

Entrada do plugue na guitarra

A outra ponta do cabo no amplificador:

jack-entrada-amplificador

Entrada do plugue no amplificador

Ai sim, você liga o amplificador e o volume da guitarra sai alto.

Porém… Porém, como eu disse acima, é possível também conectar a guitarra em outros equipamentos que amplificam o seu volume, como um computador, um notebook, um Micro System (desses caseiros que tem rádio, CD, etc.), desde que eles possuam entrada para microfone (mic in ou entrada auxiliar).
Fica bom? 😀
Não é aquela coisa… 🙁
O som sai meio chinfrim e se você não tomar cuidado e colocar muito volume pode estourar as caixas do equipamento. E se for um computador ou notebook com placa de som onboard (que já vem junto com a placa mãe) o som pode sair com delay (atrasado). Então, não é o ideal.
Mas, “pode” ser uma opção se a grana anda curta ou você não quer gastar muito. É possível fazer o “básico dos básicos” com esse equipamento.
Mas se o computador apresentar atraso na saída do som, ai sem chance de estudar…

A entrada desses equipamentos (computador, micro system, etc.) geralmente utiliza plugue P2, e não P10 que é o padrão dos cabos de guitarra.

preciso para aprender guitarra cabo de guitarra guitarrista evaldo devellis

Plugue P10 (esquerda) – Plugue P2 (direita)

Então se você for optar “por enquanto” em ligar a guitarra em outro sistema que não um amplificador de guitarra, você vai precisar de um cabo com uma ponta P10 e uma ponta P2 (veja a figura acima), certo? A ponta P10 para ligar na entrada da guitarra e a ponta P2 para ligar no equipamento alternativo.
Talvez seja mais fácil até você comprar um cabo normal de guitarra mesmo (P10/P10) e mais um adaptador P10-P2. Ai você conecta o adaptador em uma das pontas do cabo de guitarra normal e está resolvida a questão.

Adaptador P10/P2

Adaptador P10/P2

* Uma palheta de guitarra.
Vão te perguntar que espessura de palheta você quer. Para começar, pode ser uma palheta fina. É mais fácil de tocar.
A palheta não é uma necessidade que preciso para aprender guitarra. Muitos guitarristas não utilizam palheta. Preferem tocar sem ela, utilizando apenas os dedos.

Usar ou não palheta vai depender de seu estilo pessoal e de como você expressará sua musicalidade.

De qualquer forma, compre uma para estudar, pois só saberá qual sua “praia” após um tempo de estudo e prática.

Esse é o básico necessário para você começar a estudar. Vamos à segunda pergunta…

2- Eu preciso para aprender guitarra primeiro aprender violão?

Resposta curta e direta: NÃO.
Aqui no Brasil o nome é diferente, mas em outros países, como Estados Unidos e Espanha por exemplo, é tudo guitarra.
Guitarra (Br) = Guitarra elétrica (outros países)
Violão (Br) = Guitarra acústica (outros países)

Uma explicação rápida:
Antes da criação da guitarra elétrica, apenas tínhamos a guitarra acústica (violão).
A guitarra foi criada a partir de uma necessidade de se amplificar o som do violão. Após vários testes, a melhor configuração que chegaram é o modelo que temos hoje: um “violão” de corpo sólido, com captadores e cordas de aço – chamado guitarra.

O violão é o antecessor mais próximo da guitarra e é, consequentemente, mais velho em termos de história. Possui características próprias e várias técnicas que foram se desenvolvendo através dos violonistas durante a história e antes da criação da guitarra.
Antes da guitarra, o violão já possuía um vasto repertório e uma tradição técnica tanto popular quanto erudita.
Quando o violão se eletrificou e houve a criação da guitarra, outras possibilidades de se tocar surgiram devido às novas características desse novo instrumento. Nasceram novas formas de se executar esse “violão” eletrificado. Novas técnicas foram se desenvolvendo por causa das características próprias da guitarra.
Algumas técnicas passaram a ser utilizadas apenas no violão, outras técnicas passaram a se desenvolver apenas na guitarra.
E é nessa altura do caminho que o violão se separa da guitarra: as bases estruturais são as mesmas, mas chega um ponto que cada um segue sua própria estrada. Estrada essa que cada instrumento construiu ao longo de sua própria história de existência.

Então, quando o iniciante começa a aprender violão, ele pode usar o que aprendeu na guitarra, e vice-versa. Mas chegará um momento no qual ele deverá se aprofundar no estudo de um ou de outro para desenvolver técnicas específicas de determinado instrumento.

Se você tem o desejo de aprender guitarra, comece logo pela guitarra!

A questão é que muitos começam pelo violão por ser mais barato e mais fácil: não precisa de amplificador e outros acessórios, como vimos que a guitarra precisa.
Então, pelo custo, acessibilidade e até desinformação, grande número de pessoas começa pelo violão. O que pode ser feito também, sem nenhum problema. Nada te impede de começar com violão e depois passar para guitarra. Mas nada te impede de começar logo pela guitarra também.

Mas tenha em mente o seguinte: como já disse, vai chegar um ponto no qual você vai ter que optar entre um ou outro para melhor se desenvolver.

3- Começo com um professor ou será que consigo estudar sozinho, tipo na internet?

Essa é a resposta mais difícil das três, pois isso depende de cada um. Na minha época, por exemplo, não existia internet e os recursos (livros, revistas, bons professores) eram escassos. Mas mesmo assim, comecei sozinho e me desenvolvi até um bom nível.

Atualmente temos tantos recursos.  Hoje em dia temos ótimos professores. Mas também existe muita coisa duvidosa. No Youtube, por exemplo, parece que existe mais gente querendo ensinar do que gente querendo aprender, tamanha é a oferta de aulas grátis que se encontra.

Mas ai é que mora o perigo: se você for assistir a uma aula de pessoas que não possuem didática, não organizam seu aprendizado e talvez mal saibam para eles mesmos, como você poderá aprender de forma eficaz?

Um assunto determinado dado a um aluno deve fazer parte de uma progressão em busca de um objetivo.
Os assuntos devem possuir uma sequência didática. Devemos aprender alguma prática básica, que é o que procuramos passar em nossas vídeo aulas 1 e 2 e quando o aluno já tiver incorporado certa intimidade com a linguagem musical começamos ai a desenvolver assuntos mais técnicos, como formação de acordes, escalas, modos, campo harmônico, progressão e resolução de acordes (trítono), improvisação, leitura de partitura, etc, etc. Porém, há uma sequência correta para isso. Não adianta eu te ensinar a fazer arpejos em uma aula sendo que falta a estrutura anterior para você absorver esse aprendizado.

E é isso que vemos pela internet: um amontoado de assuntos aleatórios. Como você vai saber se é a hora correta de aprender aquela determinada matéria que a pessoa esta ensinando no vídeo? Será que é realmente o que preciso para aprender guitarra nesse momento?

Não adianta você fazer download de um monte de assuntos, imprimir um monte de apostilas se você não possuir a coisa fundamental: ORGANIZAÇÃO.
Sem isso você dificilmente chegará ao que é preciso para aprender guitarra. Não chegará a lugar nenhum sem organização.

Então, se você for aprender pela internet, procure por pessoas que possuam didática nas aulas. Ou seja, professores que ensinem de forma gradual, matéria por matéria. Professores que forneçam assuntos encadeados em busca de um objetivo. Não adianta você, por exemplo, assistir um vídeo tipo “Aprenda a tocar tal música” ou “Aprenda determinada escala”. Talvez não seja a hora correta de estudar os assuntos pertinentes àquela aula em especial e você pode estar perdendo tempo e oportunidade de assimilar o que é preciso para aprender guitarra com consistência. Vai ficar com assuntos desconexos em sua mente.

Outro dia, por exemplo, vi um vídeo no Youtube e a pessoa estava passando a digitação de uma escala menor melódica. Mas, e dai? Onde vou aplicar isso? Para que serve? Para que uma escala dessas foi inventada?

“Então, observe a didática e observe também as qualidades técnicas pessoais do professor.”

Uma boa forma de também checar se o professor realmente pode te ensinar algo é verificar suas habilidades técnicas no instrumento.
Veja se a pessoa realmente toca e sinta se você gosta do estilo dessa pessoa. Na minha opinião não adianta alguém querer te ensinar algo sendo que o que esse alguém faz não parece soar bem para você, não é verdade?

Concluindo a pergunta três, concluo como “minhas” dicas:

– Procure sites ou canais do Youtube que forneçam didática progressiva e professores com qualidades técnicas que te agradem. Procure estudar com pessoas que toquem a contento. Se for preciso para aprender guitarra você procurar um professor fora da internet, leve isso em conta também

– Comece a estudar primeiramente pela internet e faça um teste para sentir se você se desenvolve. Se seu nível for zero, ou seja, nunca tocou nada, procure por aulas para iniciantes e tente aprender com os vídeos.
Caso contrário, um professor ao vivo é realmente a melhor opção.

Beleza?!
Grande abraço! 

 

Veja também as  matérias:
* O que eu preciso para aprender guitarra? (2) e um pequeno histórico de minha experiência pessoal como iniciante. (em andamento)
* Qual o melhor amplificador para iniciante?
* Para quem quer um equipamento básico para começar a estudar guitarra: Kit amplificador e guitarra com preço baixo

 

evaldo-devellis-guitarrista(Evaldo Devellis é guitarrista e compositor. Suas músicas instrumentais de guitarra solo e violão podem ser ouvidas no player do final da página abaixo, no Youtube, no menu “MÚSICAS” desse blog e no site oGuitarrista.com. )

Compartilhar (Share)
oGuitarrista

oGuitarrista

Evaldo Devellis - Guitarrista há 30 anos, foi autodidata em violão e guitarra. Posteriormente estudou com Faíska e Giácomo Bartoloni. Também cursou o Conservatório Souza Lima, Voice e IGT.

15 Comments

  1. olá, quero tocar guitarra e estou começando a aprender violão agora, nivel 1, tem alguma importancia sobre usar a palheta ou não usar quando estou aprendendo violão, agradecido se me responder, agradeço guitarrista

    • Oi Erick. Depende da sua meta.
      Como você se vê tocando daqui a alguns anos? Qual seu objetivo?
      Se for apenas violão, não precisa necessariamente praticar com palheta.

      Agora, se seu desejo é tocar guitarra elétrica, admira os guitarristas e gostaria de futuramente estar tocando como eles, desde o início já comece a praticar TAMBÉM com palheta. A guitarra elétrica possui várias técnicas que trabalham a palheta.
      E os guitarristas que tocam com palheta fazem dedilhado sem palheta também às vezes, o que não é problema. Então, nesse caso estudar as duas formas é bem vindo, mas chegará um momento que o aluno devera se dedicar mais à técnica de sua escolha para poder se especializar.

      Alguns guitarristas como Mark Knopler não utilizam palheta e tocam guitarra elétrica, mas isso é raro e depende da escolha de cada um.
      Pode ser seu caso, mas aí só você poderá responder.

      Então:
      * Sem palheta = violão, principalmente erudito
      * Com/sem palheta = guitarra elétrica, já focando a técnica da palheta para começar a se aperfeiçoar.

      Blza? Abrç

  2. Muito obrigado cara eu tava muito perdido nesse assunto em questão de topicos e tudo mais, semana que vem compro meu primeiro equipamento e eu estava todo perdido graças ao post estou com uma noção já

  3. Ótima publicação, poderia indicar alguns canais que possuem essa organização, já toco um pouquinho mas gostaria de estudo organizado e por ordem, tipo aprender tal coisa primeiro e depois outra coisa, seria legal se pudesse dar dicas do que aprender primeiro e depois com a evolução o material seguinte a ser estudado. Contribuiu muito com essa publicação

    • Oi Rafa.
      O blog começou o ano retrasado e estamos caminhando para proporcionar essa organização.
      Realmente é muita coisa pra fazer, poderia até dizer que o blog é “novinho” e tem infinitas coisas pra gente postar e ir ajudando no que puder.
      Fique conectado com a gente, assine o feed de notícias, curta no facebook a página ou Youtube, que, se Deus quiser, muitas novidades ainda virão por ai…
      Abrç

    • Oi Rafa.
      O blog do guitarrista.com começou no final de 2012. Temos muito ainda pela frente (se Deus quiser) e estamos caminhando pra essa organização. Procuramos trabalhar nas vídeo-aulas que fizemos até agora em torno dessa organização e por isso ás vezes são tão detalhadas.
      Sua dica é muito legal e vamos pensar num POST pra ela.
      Beleza?!
      Abrç

      • Obrigado, cara sempre venho acompanhando o blog vou me inscrever no canal do youtube também, tenho uma outra duvida, venho do violão e estou na guitarra não tem muito tempo e esse lance de acorde pra violão e acorde pra guitarra, vejo uns acordes diferentes os guitarristas fazendo, e tem diferença na sonoridade, tem alguma dica sobre isso, não me refiro aos power chords.

Leave a Reply to Atílio Cancel reply